domingo, 13 de dezembro de 2009

Ílhavo

(fotografia retirada de murtosaemfotos.blogspot.com)


Este sabado rumei a Aveiro, mais propriamente a Ílhavo, para tocar o meu primeiro recital fora de portas Lisboetas e Gregorianas.

Acompanhado pelo meu colega Daniel, esta pequena aventura acabou por revelar que nem sempre onde se espera está o que se procura. 

Na verdade, os dois orgaos que hoje toquei (um alemao e um holandes, modernos) foram uma agradavel surpresa. A simplicidade das Igrejas onde se encontravam, e mesmo a sua estrutura, transformaram as peças numa interessante descoberta de sons. Nao era mais do mesmo. Era diferente.

Para recordação, e na esperança de um dia lá voltar para poder fazer um Concerto, fica a Igreja da Costa Nova, rodeada de dunas. Ao sairmos do carro, e sem ver omar, pudemos logo sentir o espectaculo que era.É um novo Natal.