domingo, 21 de fevereiro de 2010

Fé em ti


Espero que esteja tudo bem contigo. Nessa pequena grande aventura em que embarcaste, mando esperança e algum conforto, espero.

Porque sei que se há perto de um ano e meio atras algumas coisas eram projectos, agora começam a ser realidade. E sei que tu vais conseguir!

Oculta nao pode ficar, claro, a fé que tenho em ti, nesta caminhada que lentamente nos começa a mandar para lugares opostos. 

Talvez um dia mais tarde, quando pagarmos a conta ao Ricardo, e dissermos: "Agora tenho que ir para o Gregoriano", que nao seja para ter aula, mas para a dar!

6 comentários:

baGa disse...

adorei. subscrevo cada linha.
mas é esta parte que me assusta: porque é que cada caminho individual tem de nos afastar, levando-nos para lados opostos?

Teresa Duarte disse...

:) like I said to you: "Quero!" Que quer dizer.. um milhão de coisas! Mas principalmente aquilo que agora releio e que lhe escrevi quando ela fez 17 anos... "Ele fez de nós estrelas brilhantes, nós somos as estrelas... Já descobrimos o significado, fez-se luz... Agora somos estrelas."

LauraLopes disse...

Pôxa. Vocês três não podem fazer coisas destas! Ai. Nhunhim, amanhã ganham muitos beijinhos e novidades!

Cacao disse...

palavra-chave: FÉ!

Deb disse...

eish! shotgun na prof de flauta dos alunos do secundario (a outra que fique com os putos que tem jeitinho)

Monotony disse...

Está bonito, muito bonito. Gostei muito, bravo.