quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Não sei (?)

Pediram-me que me descrevesse como pessoa. "Hum, não sei", disse eu rapidamente. Insistiram. Aí pensei do que eu gosto como pessoa. Talvez isso me descrevesse.

"Viver.
Acordar de manha com um sol brutal e saber que vou saír. Acordar de manha com um dia chuvoso e saber que posso ficar na cama.
Agasalhar-me até aos pés pq está a chuver a potes, e mal dou dois passos na rua fico todo encharcado, mas "Não interessa! Siga em frente!". Ouvir o Metro a vir, e ainda estou a descer a estação, e lá tenho que correr que nem um maluco pq não posso chegar atrasado. Chegar nas calmas, sentar-me, e mal isso acontece aparece a msg: "Destino: BaixaChiado" (Ou Amadora-Este).
Respirar.
Andar sem óculos e não reconhecer as pessoas a 100 metros de distância, sendo suficientemente maluco para ir a correr até elas pq penso que as conheço, e depois fazer um desvio na trajectoria pq afinal não era bem assim. Gosto que perguntem: "Que vamos fazer?", ouvir um minuto de silêncio e depois alguem dizer: "Não sei, vamos por aí".
Ir por aí sem destino aparente, sabendo só que tenho que estar num certo sitio a uma certa hora.
Cantar.
Fazer fantásticas jogadas de futebol e gritar que nem um maluco, após uma hora de catequese. Estar numa situação séria e começar a desmanchar-me a rir. Rir ainda mais, quando pensava que ja tinha rido tudo.
Ver o por-do-sol dentro do mar.
Tentar ver sempre o nascer-do-sol, mas nunca o conseguir pq simplesmente nunca acordo a horas. Os aplausos de um público que nao percebeu se toquei bem ou mal. Sorrir. Saber que não está nada marcado para o amanha, mas mesmo assim saber que vai acontecer alguma coisa. Gritar.
Escrever coisas que nem eu percebo, e perguntar-me: "Mas que raio...?".
Receber um desenho dos miudos da catequese, que diz: "Boas férias, André!". Pensar que já fui capaz de me surpreender, mas mesmo assim fazer coisas que me deixam estupefacto. O imprevisto.
Estar numa reflexão de um grupo de jovens, porem uma musica mta estranha, e de repente ter que fazer um esforço incrivel para não rir e rir e rir bem alto.
Acordar com a minha tenda a ser agredida ao pontapé.
Saber que à noite tenho sempre uma conversa marcada. Piadas secas.
A minha namorada.
Ser eu."

Amen.

3 comentários:

magui disse...

eu gosto imenso de ti!!

Cacao disse...

nao vinha aqui aos anos. mas olha, vim!
gostei imenso. ta mesmo giro.se nao te importas, vou fazer uma excepção aos mus habituais longos comentários, porque estou a guardar palavras para o post do Jamboree-parte II - q estou a fazer no blog dos pioneiros.. :)
mas pa, ta bem giro, tá:)

Ana Macedo disse...

LOOOL

pah, tá lindo!

*