segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

André

É nestes dias ( logo neste, é incrivel... ) em que tudo nos corre mal, desde o momento em que pomos o pé fora da cama, que preciso de me relembrar de algo para me animar. Urgentemente.

E quem mais para me ajudar nessa tarefa do que o pequeno André. Ele chega. Passo a contar a história, totalmente verídica, que me faz sorrir mesmo quando as coisas teimam em correr mal. Porque esta história vai durar para sempre, e apesar de eu nem ter filhos ( e de, sinceramente, nao me ver a te-los. Assim poupo o trabalho do Natal. Vá, estou a brincar.. ), sinto que ja passei um legado, um nome, uma história, uma recordação.

A mãe do F. e o G., que sao ambos meus catequisandos do 2ºVolume, estava grávida. O bébé acabou por nascer no decorrer do ano passado lectivo, erro meu nao saber a data, mas creio que foi entre Fevereiro... e Maio!

Um dia, a senhora apareceu para ir buscar os miudos, como todos os Sábados de manha. Trazia consigo o bébé. Dizem que há bébés bonitos e feios, para mim é tudo igual. Alguns mais gordos ou mais magros, mais sorridentes ou mais choroes, mas na verdade aquele bébé eu iria achar o melhor do mundo.

Quando lhe perguntei o nome, a mae respondeu: "Chama-se André!". Olhei surpreendido, "que coicidência", pensei. E disse-me ainda a senhora: " E sabe porquê? Perguntámos, eu e o meu marido, ao F. e ao G., que nome queriam dar ao bébé. E eles disseram: André. Por sua causa!". Eu olhei estupefacto, mas insistiu: "Sim, é mesmo verdade!".

Olhei para o André com outros olhos. Olhei-o, vendo a marca de quem eu sou. Porque, para a toda a vida, carrega o meu nome. E se alguem, uma vez, tiver a curiosidade de lhe perguntar o porquê do nome, saberá, de certo, dizer: "Era um catequista dos meus irmãos!". Estranho. Mas sei que é por isso que tenho continuar a caminhada que estou a fazer, independentemente dos altos e baixos, para quando o André poder contar a história do seu nome, o faça com um grande sorriso na cara.

E sei que nao te vou desiludir. A ti, André, que sem saberes, tens comigo uma ligação tao grande.

2 comentários:

Ana Macedo disse...

Ooohh, que giro! =D
lol

***

Cacao disse...

(post paralelo escrito;) )