sexta-feira, 6 de março de 2009

Memórias



Hoje vagueva na net, e descobri este relato precioso.

Jorge Perestrelo era conhecido como O comentador desportivo da rádio portuguesa. Tinha uma maneira única, completamente insubstituivel de descrever um jogo de futebol. Parecia que relatava o jogo para um amigo.

Lembro-me desse jogo. O Sporting estava à beira de fazer um feito histórico: chegar à final da Taça UEFA, prestigiada competição internacional. Nos últimos minutos, sofremos um golo. Estava tudo perdido. A única hipotese era tentar o derradeiro golo da salvação, mas sobravam poucos minutos (segundos?) para o fazer.

No último lance do jogo, era canto para o Sporting. O guarda-redes, o Ricardo, até foi à area adversária para ajudar.

O meu pai estava no quarto a ouvir o relato feito pelo Jorge Perestrelo. Tinha aquilo tao alto, que eu ouvia na sala, onde desolado via o jogo na televisao. A minha mae andava de um lado para o outro, arrumando a casa: a mudança ia ser dali a poucos dias.

De repente, o canto é marcado. E de repente, do nada, vejo a bola dentro da baliza. Foi estilo foguete. De repente, eu e o meu pai estavamos aos berros, a gritar "GOLOO!".

Lembro-me de ter ficado com os oculos tortos pelo abraço que dei ao meu pai. Eram sensações unicas.

E do quarto vinha aquele som da rádio. Era o Jorge Perestrelo. Nao sabiamos que dias depois ele iria morrer. O seu último relato terminava com palavras mágicas. Dizia ele aos berros: "Eu te amo, Sporting!"

Oiço o som, recordo os momentos, e quase que me vem lágrimas aos olhos.

Este amor nao se define. Mas é para sempre! "Eu te amo, Sporting!"

8 comentários:

Tiago Krug disse...

Totó! =P

Cacao disse...

que pirooooooooso

Sininho disse...

eu nem leio!!!
desgraçado!!

J disse...

Há coisas que só a alguns foi dado o privilégio de compreender. E esta é uma delas!

Também eu me recordo desse dia e dessa hora, como também me recordo do JPerestrelo. Foram momentos mágicos, únicos,irrepetiveis, que nos transportaram para outra dimensão.

E também eu agora digo (e sempre): Eu te amo, Sporting!!!

luigi disse...

nem quero ler...sporting:[

é como diz a minha irmã...pirooooooso!

Busorganist disse...

também eu estava a ouvir o relato com ele, e a ouvir os berros de um Benfiquista que acima de tudo amava o futebol, e se deu por ele a gritar eu te amo Sporting, por umas 4 vezes.. Penso que nao haja muita gente adepta fervorosa de um clube, que termine a sua vida a dizer o que J Perestrello disse quando o Sporting marcou aquele célebre golo...

Muito bom post companheiro

Anónimo disse...

então,
isto anda muito parado!

Anónimo disse...

Desculpa mano, mas sou da mesma opinião...

Sempre que posso venho ver se há novidades, 12 dias sem noticias é muito tempo...

Beijinho...